quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Em Comunhão com a Mãe Natureza
Durante a caminhada, alguém se destacando entre os outros ergueu sua voz ao alto e falou:
E se acampássemos um pouco e juntos partilhássemos algumas de nossas experiências, de nossas riquezas, de nossos gostos, de tudo o que nos vai na alma e coração, não digo que paremos nossa jornada, mas que partilhemos uns com os outros nossos sentimentos e emoções de alma e coração, acho que nossa caminhada se tornaria mais rica.
Olhando todos uns para os outros e em silêncio, concordámos, pois quem é que não tinha ali, alguma coisa para contar, para partilhar.
Até mesmo um simples poema, uma simples história, seria enriquecedor.
Nesse momento de alegria por mais uma decisão tomada juntos, procurámos um lugar para assim acampar, e junto a uma bela montanha onde o Arco Íris se fazia mostrar assentamos nossos haveres.
Olhando essa beleza imensa da Mãe Natureza juntos orámos e agradecemos por mais um dia e por tudo em nossas vidas, até mesmo as tormentas.
Após alguns breves instantes alguém vindo daquele lugar maravilhoso usando um belo poema, exclamou para todos:


Porque


Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão
Porque os outros têm medo mas tu não

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

Sophia de Mello Breyner Andresen


E todos juntos lhe respondemos, porque somos iguais, mas diferentes, somos iguais, pois somos todos filhos de Deus, mas diferentes porque procuramos viver a vida tal como ela é, sem nos escondermos de nada, pois não tememos o que a vida nos dá, seja bom, ou não, porque só assim aprendemos a viver, só assim se aprende a dar sem esperar receber de volta, somente assim se alcança a FELICIDADE.
E tu?, quem és?
Sou um desses que se esconde por detrás de tantas máscaras, por ter medo de sofrer, por ter medo de mostrar quem sou.
Mas meu caro amigo, será que assim és feliz?
Não, não sou, acho que não sei bem o que é isso, eu bem que busco ser feliz, mas se querem saber verdadeiramente, não sei como encontrar essa felicidade que tanto quero, e que sei que sou também merecedor.
Então, porque não deixas tudo e vens connosco?
Porque não te juntas a todos nós nesta nossa caminhada, pois é para lá Além do Arco Íris que vamos, buscando sempre a FELICIDADE, mas para isso terás de deixar para trás muita coisa e levar contigo apenas o essencial, sómente aquilo de bom que tu tens, e tal como nós, aprender a viver com o coração e com a alma, mas olha, não penses que somos perfeitos não, temos muitos defeitos e é por isso que estamos todos aqui, mas nosso lema é a UNIÃO, sómente juntos e seguindo nossos corações e alma chegaremos a bom porto.
Então?, queres vir?
Olha de momento estamos acampando e partilhando experiências uns com os outros, vem e partilha também as tuas, junta-te a nós por um pouco e vem sentir esta nossa UNIÃO, assim poderás saber se desejas juntar-te a nós, ou simplesmente desejas seguir o teu caminho sozinho como até agora.



Álvaro Gonçalves

13 comentários:

Sol da meia noite disse...

Obrigada pelas tuas palavras no meu Sol.
Por me ajudares a aguentar a caminhada...

Mil beijos aqui deixo...

Zézito do Nada disse...

a imagem esta algo de fantastico. que lindo arco iris num quadro perfeito.

MARTA disse...

Perfeita a imagem, o texto e a escolha do poema da Sophia.
Adorei...
Obrigada pela partilha...
Até já
Marta

Marlene Maravilha disse...

É gratificante saber que podemos contar com alguém nos percalcos que encontramos pela vida. Isso nos edifica e nos faz crescer; porque nada é mais estimulante do que encontrarmos companhia para o que der e vier, ou simplesmente andar lado a lado. Adquirimos seguranca se temos em quem confiar.
Sinto-te feliz, e isso é muito bom!
Lindo final de semana cheio de realizacöes!
beijos

Um Momento disse...

Meu Querido Amigo
Como gosto de te sentir assim
Com toda a tua força
a tua Fé
Sinto que estás a melhorar , a ganhar dia para dia mais força
Eu embora que ausente em palavras acompanho-te de coração
Aqui acampada contigo , com quem nos acompanha te sorrio, te abraço, te agradeço por tudo
Muito obrigado meu Amigo
Um beijo sentido de coração, abraçada a ti na kinha mais sincera emoção
Bem Hajas!
(*)

Alice Matos disse...

Cá vamos nós de viagem...
Quando puderes passa pelo Detalhes... há um selo e algumas palavras para ti também...

Lice...

Humberto disse...

Tanto tiempo, cómo estas?

Vengo con solo el deseo de leer, lento para intentar entender. Y me confundo con la imagen, y no sé si desvío o no mi lectura, pero la imagen ha cautivado mis recuerdos.

Espero estés bien.
Abrazos.

Isabel-F. disse...

um belo post.

adoro este poema... diz tanto ...

beijinhos e boa semana para ti

Marlene Maravilha disse...

Alvaro, meu querido.
Deixo registrado o meu carinho!
Uma semana maravilhosa!
beijos

Um Momento disse...

Aqui, lendo-te, sentindo-te
Abraço este teu sentir soprando um beijo que até ti chegue,meu querido Amigo
Dia muito lindo desejo

Beijo imenso...em ti

Obrigado por tudo...de coração

(*)

Je Vois la Vie en Vert disse...

Claro que gostava de ir !

Será muita pretensão minha dizer que já encontrei a felicidade ?

Eu considero-me feliz e quero agradecer a Deus por isso e partilhar esta felicidade com os outros.
Mas não posso esquecer de regá-la cada dia
Para que esteja em flor durante toda a minha vida
Fico feliz por sentir que estás muito melhor !
Bom Feriado : amanhã é um dia de festa e não de tristeza porque é o dia de Todos os Santos !

Beijinhos verdinhos

Bar�o Van Blogh disse...

Caro Alvaro :

Excelente momento de leitura aqui passei , a foto � fabulosa ...

Um grande abra�o .

Alice Matos disse...

Passei para deixar o meu carinho...

Lice...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...